PUBLICIDADE
Óbito/Alfredo Tropa

PR lembra "figura ativa e constante na televisão e no cinema"

05 | 07 | 2020   17.08H

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte do realizador português Alfredo Tropa, aos 81 anos, destacando que será lembrado como "uma figura ativa e constante na televisão e no cinema".

O realizador português Alfredo Tropa, autor de documentários e programas de televisão, como "Povo que Canta", que fez com o musicólogo Michel Giacommetti, morreu hoje aos 81 anos, anunciou a Academia Portuguesa de Cinema.

"Alfredo Tropa, que foi cineclubista, realizador, documentarista, produtor, fundador do Centro Português de Cinema e diretor dos arquivos da RTP, será lembrado como uma figura ativa e constante na televisão e no cinema em Portugal", assinala o chefe de Estado numa nota publicada na página da internet da Presidência da República.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE