PUBLICIDADE
Actualidade

Costa alega que questão dos debates quinzenais é só da competência do parlamento

06 | 07 | 2020   16.46H

O primeiro-ministro afirmou hoje que a questão da continuidade dos debates quinzenais é da exclusiva competência do parlamento e considerou essencial a existência de uma alternativa democrática de direita para travar a progressão dos populismos.

Estas posições foram assumidas por António Costa em conferência de imprensa conjunta com o chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, em São Bento, depois de confrontado com o previsível entendimento entre PS e PSD no sentido de acabarem os debates quinzenais com a presença do primeiro-ministro na Assembleia da República.

Esses debates com a presença do primeiro-ministro, se o acordo for concretizado, passarão a ter um formato mensal ou de dois em dois meses.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE