PUBLICIDADE
Actualidade

Cerca de 40 gazelas mortas por caçadores furtivos em reserva natural no Níger

07 | 07 | 2020   17.04H

Cerca de 40 gazelas-dorcas, uma espécie em extinção, foram mortas por caçadores furtivos na reserva natural de Termit e Tin Toumma, no Níger, anunciaram hoje os serviços ambientais do país.

"Este é o pior massacre cometido na reserva. Costumava ser em pequena escala, uma gazela aqui, uma gazela ali. Eles mataram cerca de 40 gazelas-dorcas", disse o diretoro-regional dos serviços ambientais na região de Zinder, no centro sul do Níger, que alberga parte da reserva, Mamane Hamidou, citada pela de notícias France-Presse.

Hamidou acrescentou que quatro caçadores furtivos com residência na reserva foram detidos depois de equipas de silvicultores terem sido alertados da sua presença por membros das comunidades locais envolvidos na gestão da reserva.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE