PUBLICIDADE
Actualidade

"Se Domingos Simões Pereira não tivesse mudado de comportamento era meu primeiro-ministro" -- PR Guiné-Bissau

07 | 07 | 2020   17.55H

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, afirmou hoje que se Domingos Simões Pereira, seu adversário na segunda volta das presidenciais de dezembro passado, "não tivesse mudado de comportamento" era neste momento o primeiro-ministro do país.

Sissoco Embaló fez esta revelação em conferência de imprensa no Palácio da República, em Bissau, ao fazer o balanço dos primeiros 100 dias do seu mandato, durante a qual anunciou medidas e propostas para mudar a Guiné-Bissau nos próximos tempos.

"Se Domingos Simões Pereira não tivesse mudado de comportamento era hoje o meu primeiro-ministro, mas ainda bem que não o nomeei, mas também não me arrependo de ter nomeado Nuno Nabian primeiro-ministro", declarou Embaló.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE