PUBLICIDADE
Actualidade

PM de São Tomé e Príncipe diz que falta cumprir "objetivo máximo" do bem estar da população

08 | 07 | 2020   12.05H

O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, disse hoje que, conquistada a independência do país, falta cumprir o "objetivo máximo" do bem-estar, felicidade e independência económica da população.

"Em 1975, dizíamos que o objetivo mínimo era a ascensão à independência, mas falta o objetivo máximo que é garantir o bem-estar, a felicidade e a independência económica de cada são-tomense e de São Tomé e Príncipe", disse Jorge Bom Jesus.

O chefe do governo são-tomense intervinha hoje, por videoconferência, numa sessão virtual evocativa do Dia Nacional do Mutualismo, promovida pela União das Mutualidades Portuguesas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE