PUBLICIDADE
Actualidade

Quarenta concursos para precários do IEFP ficaram desertos

08 | 07 | 2020   13.53H

O secretário de Estado do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita, disse hoje que dos 507 concursos abertos para a integração de formadores precários do Instituto do Emprego e Formação Profissional, no âmbito do PREVPAP, 40 ficaram desertos.

O número foi avançado por Miguel Cabrita durante uma audição na comissão de Trabalho e Segurança Social, tendo o secretário de Estado referido que faltam apenas concluir três dos procedimentos concursais para a integração dos formadores nas 507 vagas que foram identificadas como correspondendo a necessidades permanentes do IEFP.

Estas 507 vagas foram identificadas no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE