PUBLICIDADE
Covid-19

Receitas fiscais do petróleo em Angola valem menos de 50% pela primeira vez - Standard Bank

08 | 07 | 2020   15.45H

As receitas do petróleo em Angola vão descer para menos de 50% do total da receita fiscal pela primeira vez devido aos preços das matérias primas e ao impacto da pandemia de covid-19, refere o Standard Bank.

"Os preços baixos do petróleo e o impacto da pandemia de covid-19 baixaram a previsão de receita fiscal e pela primeira vez o Governo espera que o rácio das receitas petrolíferas face ao total caia para menos de metade (48,2%), face aos 60,7% de 2019 e aos 64,7% do orçamento original", lê-se numa análise do departamento de estudos económicos do Standard Bank.

De acordo com o documento, enviado aos clientes e a que a Lusa teve acesso, "a despesa total deverá aumentar 17,9% face ao ano passado, mas ainda assim está 8,6% abaixo do previsto no orçamento inicial, com a despesa com salários públicos a representar 29,5% do total".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE