PUBLICIDADE
Actualidade

PJ captura assaltante do Museu do Ouro de Viana que devia estar preso em Espanha

09 | 07 | 2020   12.06H

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga capturou na quarta-feira um dos cinco envolvidos em 2007 no assalto ao "Museu do Ouro" de Viana do Castelo, que devia estar a cumprir pena numa cadeia espanhola, informou hoje fonte policial.

"O indivíduo em causa, natural de Paços de Ferreira, com 39 anos de idade, considerado perigoso e violento, encontrava-se em ausência ilegítima da cadeia galega de A Lama, da Província de Pontevedra, depois de lhe ter sido concedida saída precária, em 2017, da qual não regressou", explica um comunicado da PJ.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que o homem estava preso em Espanha na sequência de uma condenação a 10 anos de cadeia por tráfico de droga naquele país, cometido quando se encontrava evadido após os crimes de Viana do Castelo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • BEM DITO DEVIA AGORA FAZER VOMITAR TUDO PRISÃO PERPÉTUA
    Ze | 09.07.2020 | 12.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE