PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-presidente da Entidade das Contas critica projeto do PSD para alterar financiamento eleitoral

10 | 07 | 2020   06.50H

A ex-presidente da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) Margarida Salema classificou como "absolutamente inaceitáveis" algumas alterações ao financiamento das campanhas eleitorais propostas pelo PSD, num diploma hoje em debate no parlamento.

Entre as alterações "mais criticáveis" no diploma, advertiu Margarida Salema, está a proposta para que os juros dos empréstimos bancários contraídos para financiar as campanhas sejam considerados despesas eleitoral e o artigo que prevê que são retiradas das contas dos partidos as dívidas a fornecedores que tenham prescrito.

O parlamento debate hoje seis projetos de lei para alterar o regime do financiamento dos partidos políticos e das campanhas eleitorais, sendo que apenas o diploma do PSD tem viabilização garantida na generalidade, depois de o grupo parlamentar do PS ter anunciado quinta-feira que apenas viabilizaria este projeto e que votaria contra os restantes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE