PUBLICIDADE
Actualidade

Emmanuel Macron vira-se para a direita populista para ganhar as eleições de 2022

11 | 07 | 2020   09.07H

As escolhas do Presidente francês, Emmanuel Macron, na remodelação do Governo não recaíram sobre figuras da esquerda ou ecologistas, mas sim numa "direita populista" fiel a Nicolas Sarkozy tendo em vista as eleições de 2022.

"A direita de Édouard Philippe [anterior primeiro-ministro] era fiel a Alain Juppé. Uma direita limpa, professoral, um pouco quadrada e de centro. Agora, estamos numa direita populista. Uma direita de Nicolas Sarkozy, com Jean Castex, que pode ameaçar a direita clássica e também a extrema-direita. Emmanuel Macron posiciona-se definitivamente à direita", afirmou à Lusa Virginie Martin, professora da Kedge Business School.

Para esta politóloga francesa, a escolha do Presidente tanto no que diz respeito ao novo primeiro-ministro, Jean Castex, como aos membros do seu Governo vem da necessidade não só de "ignorar" os maus resultados nas municipais, onde a esquerda saiu vencedora em grandes cidades, mas especialmente de um cálculo político para 2022.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE