PUBLICIDADE
Covid-19

Companhia aérea Emirates planeia eliminar até 9.000 postos de trabalho

11 | 07 | 2020   09.55H

A companhia aérea Emirates, dos Emirados Árabes Unidos (EAU), planeia eliminar até 9.000 postos de trabalho devido à diminuição da procura gerada pela pandemia da covid-19, afirmou hoje o presidente da empresa.

Tim Clark anunciou que já cortou um décimo do pessoal da companhia aérea, ou seja, 6.000, de um total de 54.000 trabalhadores, aos quais se aplicarão cortes.

"Provavelmente teremos que cortar mais alguns [empregos], provavelmente até uns 15%", disse o presidente, em declarações à BBC.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE