PUBLICIDADE
Actualidade

Avião ucraniano abatido devido a erro de ajuste de radar - relatório iraniano

12 | 07 | 2020   11.17H

Um erro humano relacionado com um mau ajuste do radar militar foi a causa do acidente com o boeing ucraniano abatido em 08 de janeiro perto de Teerão, Irão, provocando 176 mortos, concluiu o relatório da aviação civil iraniana.

"Houve uma falha devido a erro humano no acompanhamento do procedimento de calibre do sistema de radar, "o erro de 107 graus", não permitindo mais observar, de forma correta, a trajetória dos objetos no campo", indica o relatório publicado no sábado.

A falha "está na origem de uma sequência perigosa [de eventos] e poderia ter sido dominada se outras medidas tivessem sido tomadas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • De louvar a honestidade dos Iranianos. De reprovar a desonestidade dos americanos, que promoveram o comandante do navio USS Vincennes, que abateu o avião iraniano em 1988. Foi tratado como um herói, coisa que aqui não vai acontecer.
    Dono dos Burros | 12.07.2020 | 13.07Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE