PUBLICIDADE
Actualidade

Morreu a pintora Maria Beatriz, que fez da arte "luta pela libertação"

12 | 07 | 2020   15.50H

A pintora Maria Beatriz, a artista que fez da arte processo de emancipação, morreu aos 80 anos, no sábado, na cidade de Amesterdão, na Holanda, país onde vivia desde 1970, disse à Lusa fonte da Galeria Ratton.

"Todo o meu trabalho lida com a emancipação, especificamente com a nossa luta pela libertação", escreveu Maria Beatriz, no 'site' de apresentação das suas obras e do seu percurso.

Nascida em Lisboa, em 1940, Maria Beatriz começou por frequentar Biologia, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, em 1958, curso que trocou, três anos mais tarde, pelo de Pintura da Escola Superior de Belas Artes e a formação em Gravura em Metal da Sociedade Cooperativa de Gravadores Portugueses.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE