PUBLICIDADE
Actualidade

Tribunal de Coimbra condena homem a cinco anos de pena suspensa por burlas no OLX

14 | 07 | 2020   10.57H

O Tribunal de Coimbra condenou hoje um homem a cinco anos de pena suspensa por burlar várias pessoas no OLX, bem como a uma perda ampliada de bens de 175 mil euros.

O arguido, de 51 anos, era acusado de dez crimes de burla qualificada consumada e dois na forma tentada, e um crime de branqueamento de capitais, por criar anúncios falsos de venda de telemóveis iphone em vários 'sites', a maioria no OLX.

Apesar de o arguido ter feito uma confissão integral e sem reservas dos factos, tem antecedentes criminais de burla, notou o presidente do coletivo de juízes, João Ferreira, considerando que mais do que os valores (o máximo é de 250 euros numa venda), está em causa a forma reiterada como foi praticada.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE