PUBLICIDADE
Actualidade

Angola prevê regresso aos excedentes orçamentais em 2021

14 | 07 | 2020   12.11H

Angola, que prevê um défice orçamental de 4% do PIB este ano, deve regressar aos saldos orçamentais positivos em 2021, antecipou o Presidente da República angolano, João Lourenço, numa mensagem dirigida aos deputados da Assembleia Nacional.

A mensagem de João Lourenço foi lida hoje pelo ministro de Estado da Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, na abertura do debate sobre o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2020 revisto, que vai ser hoje votado na generalidade.

"Prevemos retomar a trajetória de 'superavits' orçamentais, isto é, de saldos orçamentais positivos, em 2021", destacou o chefe de Estado, sublinhando que esta situação "é de uma importância enorme", pois significa que o país terá menores necessidades de endividamento e evita atingir uma situação de insustentabilidade da sua dívida pública.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE