PUBLICIDADE
Actualidade

CFP aponta para défice de 6,9% em 2020 com auxílio financeiro à TAP

16 | 07 | 2020   16.00H

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) estima que a ajuda financeira do Estado à TAP faça subir o défice para 6,9% do PIB em 2020, o que traduz um agravamento de 0,4 pontos percentuais face às suas anteriores projeções.

No relatório "Evolução orçamental das administrações públicas até março de 2020", o CFP refere que a deterioração "significativa" do défice para um valor entre 6,5% no cenário base e 9,3% no cenário adverso, indicada nas "Perspetivas Económicas e Orçamentais 2020-2022", publicadas no início de junho, não teve em conta aquele auxílio à companhia aérea.

Assim, "considerando o impacto daquele apoio financeiro no saldo, a previsão do CFP para o saldo resultaria num défice de 6,9% do PIB no cenário base e de 9,8% do PIB no caso do cenário adverso", precisa o documento hoje divulgado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE