PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Governo do Niassa pede vigilância no acolhimento de deslocados

24 | 07 | 2020   13.46H

O secretário de Estado de Niassa pediu hoje às autoridades locais uma maior vigilância face à entrada de deslocados que fogem da violência armada em Cabo Delgado, norte de Moçambique, alertando para a possível existência de infiltrados entre as populações.

"Há que prestar muita atenção e é preciso ter muito cuidado. Muita vigilância", declarou Dinis Vilanculos, durante um encontro com líderes comunitários de Niassa, província vizinha de Cabo Delgado.

Segundo dados oficiais, a província de Niassa conta com, pelo menos, 166 pessoas que fogem da violência armada em Cabo Delgado, num grupo composto maioritariamente por mulheres e crianças.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE