PUBLICIDADE
Actualidade

Lançada petição para atribuição de subsídio vitalício a família do ator Bruno Candé

28 | 07 | 2020   18.47H

O grupo Ação Cooperativista colocou hoje, 'online', uma petição, na qual exige "ao Governo que disponibilize, de imediato, um subsídio vitalício para a família de Bruno Candé", ator negro assassinado na via pública, no concelho de Loures, no passado sábado.

A Ação Cooperativista - Artistas, Técnicos e Produtores, entidade surgida na área da cultura, no contexto de resposta à crise provocada pelo impacto da pandemia covid-19 no setor, lembra que "o Governo incumpre a Constituição ao não agir ativamente na erradicação do racismo e qualquer outra forma de discriminação", referindo que a "discriminação racial é crime no nosso país (Artigo 240º Código Penal)".

Os peticionários apontam o ódio racial como tendo estado na origem do crime cometido no passado sábado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

10 comentários

  • VERGONHA FALAM DE ELE SER ATOR ESSES COOPERATIVISTAS FALHADOS DA SOCIEDADE O CIDADÃO PORTUGUÊS QUE FOI MORTO NO COMPO GRANDE ERA ENGENHEIRO
    POVO | 02.08.2020 | 20.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ainda nâo houve julgamento e entidades nâo judiciais vêm dizer que" foi crime racial."Deixem a justiça fub«ncionar,quantos pretos estô presos por matarem e assaltarem BRANCOS.Tb têm direiro a reparaçao e subsidio?Tal como fazem alguns paises di« do NORTE da EUROPA,Canadá e EUA qulquer estrangeiro ou estrangeirado que cometa crimes em Portugal cumorirá pena e será repratiado para o País de origem sua ou antepassados.Nos Açores etc temos exemplos de individuos repratiados por crimes Canadá e EUA e nestes casos nem sequer sao pretos.Há portugueses desaparecidos nas ex colónias e qual a soluçâo?Nenhuma parece,sâo brancos portanto que se cosam nâo tem interesse mediático nem dos guerrilheiros internacionais,é outro tipo de racismo e xenofobia que nâo defendem,daí a HIPOCRISIA destes MOVIMENTOS.
    Paquidermês | 02.08.2020 | 10.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A "discriminação racial é crime no nosso país (Artigo 240º Código Penal)"? Ai é? E qual o Artigo do Código Penal que penaliza a "discriminação social"? Ahhh O Código Penal não tem este Artigo porque não existe "discriminação social". Porque é que não pensei nisto antes?
    anónimo | 02.08.2020 | 10.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Penso que por uma questão de 'coerência', os peticionários devem também, pedir o mesmo para a família do jovem que foi morto no Campo Grande e também, para a família do ucraniano que foi morto por 3 assassinos fardados, dos muitos que o Estado tem ao seu serviço. Com a agravante deste crime ter sido cometido para satisfação dos instintos sádicos que desenvolveram depois de serem agentes do SEF. Há mais casos., mas fico-me por dois recentes, que a 'justiça' tardará em julgar e quando julgar não vai parir nenhuma sentença de jeito. Mas isso é o costume. Fosse a morte de um paneleiro e aí sim, os 'meritíssimo' ficariam chocados.
    Dono dos Burros | 01.08.2020 | 22.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Os peticionários que assumam a responsabilidade da reclamada pensão vitalícia! Os peticionários que reclamem pesadas indeminizações pelos crimes de roubo, violação e de morte cometidos pelos negros!
    Jesus cristo laico | 01.08.2020 | 21.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Estive na guerra, meu caro e não sou racista e por tudo quanto vi e me apercebi, os pretos é que são racistas, tal como o são os ciganos, judeus, indianos e estes, os indianos, nem gostam de falar connosco de frente. Não acredito que os brancos tivessem coragem de fazer aos pretos, o que estes fizeram aos brancos; mas há de tudo, pois dentro das próprias raças há tribos e clãs, há elites que até têm escolas particulares para que os filhos não se misturem. Mas que grande porra, por acaso não tem havido pretos que por aqui vão matando brancos?-------------------------Foram "assassinados" dois trabalhadores no acidente ferroviário, andavam a trabalhar, portanto as famílias devem ser bem indemnizadas e ficarem também com um subsídio.
    bruxo | 01.08.2020 | 15.34Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Li no Correio da Manhã que "Homicida de ator Bruno Candé Marques não se mostra arrependido: “Em Angola, matei vários como este”, disse Evaristo Marinho, de 76 anos, à entrada da cadeia." É o meu raciocínio: ele, o homicida, esteve na "guerra colonial", tinham ordem para matar e depois recebiam me(r)dalhas. O governo (nessa época) é que incutiu e incitou ao racismo. O Evaristo ficou "preso" na teia e não conseguiu se desprender. É o stress pós-traumático, ou não?
    anónimo | 01.08.2020 | 11.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Era o que mais faltava !!!!!!!!!!!!!!!!Francamente, isto dá voltas ao meu estomago. Se isto acontecer, tem de haver revolta popular, mas sem demora.
    bruxo | 29.07.2020 | 10.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Portugal é terra de BRANCOS. Quando ao subsídio vitalício não é de esperar outra coisa de proxenetas, leia-se artistas.
    Dono dos Burros | 28.07.2020 | 22.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não acho mal. parece me é que o facto de ele ser actor não deveria ser um privilégio. Sendo assim, porque não todos os que são assassinados não têm o mesmo direito (as suas famílias)? assim, seria o próprio Estado a fazer discriminação.
    anónimo | 28.07.2020 | 18.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE