PUBLICIDADE
Actualidade

Distribuidor da Midas Filmes pondera suspender atividade e critica ministra

30 | 07 | 2020   12.10H

A distribuidora cinematográfica Midas Filmes pondera suspender atividade, depois de ter sido rejeitada num concurso de apoio financeiro, e lamenta a "falta de sensibilidade" da tutela perante as dificuldades do setor, disse à Lusa o distribuidor Pedro Borges.

Em causa está uma candidatura da Midas Filmes a um subprograma de apoio financeiro de 2020 do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), destinado à distribuição de filmes em Portugal, e que foi rejeitada por "uma coisa ridícula, burocrática", de um erro na submissão de um documento, numa plataforma informática "totalmente incompetente".

Por cada candidatura a qualquer programa de apoio financeiro do ICA, os candidatos têm de apresentar uma "declaração sob compromisso de honra", um documento que acaba por ficar repetido várias vezes nos serviços do instituto, porque uma mesma empresa pode apresentar candidaturas a vários programas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE