PUBLICIDADE
Actualidade

Movimento em França quer "unir a esquerda" para evitar novo duelo Macron/Le Pen

01 | 08 | 2020   09.03H

Paris, 01 ago 2020 (Lusa) -- O jornalista Laurent Joffrin deixou no início de julho a direção do jornal Libération e lançou uma plataforma para reforçar a esquerda reformista e evitar um novo duelo Macron/Le Pen nas presidenciais de 2022 em França.

Em entrevista à Lusa, Laurent Joffrin garante que a plataforma Les Engagé.e.s. não pretende transformar-se num partido político mas encontrar um candidato presidencial que passe à segunda volta em 2022.

"Já só falta um ano para que as presidenciais arranquem e, portanto, temos um ano para que haja uma esquerda reformista que possa apresentar um projeto e impedir o cenário previsível da eliminação da esquerda numa primeira volta e a reedição do duelo Macron/Le Pen na segunda volta", afirmou Laurent Joffrin, em entrevista à Agência Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Votaram Macron e agora não estão contentes? É o que dá os preconceitos e não serem nacionalistas como deviam, preferem serem sodomizados pelo representante do capital sem pátria que obedece aos sionistas da finança mundial? Bom proveito. Votem Le Pen e vão ver que não se arrependem.
    Dono dos Burros | 01.08.2020 | 13.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE