PUBLICIDADE
Alfa/Acidente

IP comprometeu-se há dois anos instalar sistema CONVEL em Veículos de Conservação de Catenária

01 | 08 | 2020   16.46H

A Infraestruturas de Portugal (IP) comprometeu-se há dois anos com a instalação do sistema de controlo automático de velocidade (CONVEL) em Veículos de Conservação de Catenária (VCC), mas a medida, "sujeita a cabimentação financeira", nunca avançou.

O compromisso consta num relatório do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF), divulgado em julho de 2018, e é uma resposta a uma recomendação de segurança deste organismo, que alertou para o risco de estes veículos circularem sem o sistema CONVEL, após um deles ultrapassar "indevidamente" um sinal vermelho na estação Roma-Areeiro, em Lisboa, em janeiro de 2016.

O GPIAAF anunciou hoje, em Nota Informativa a que a agência Lusa teve acesso, que o VCC abalroado na sexta-feira pelo Alfa Pendular, em Soure (Coimbra), causando dois mortos e dezenas de feridos, passou um sinal vermelho e entrou na Linha do Norte.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ajuda, mas não é a resposta para o acidente. Pelo menos a crer no que está escrito. "entrou na linha do Norte", se entrou, apesar de ter ultrapassado o sinal vermelho, o que pode ser feito em algumas circunstâncias, se entrou , então tinha o caminho feito. Do modo como está escrita a notícia, leva a crer que estava num ramal e entrou na linha do Norte, sem o dever ter feito. Aguardemos. De qualquer modo é mau, sempre que papagaios começam a falar sem haver dados da investigação.
    Dono dos Burros | 01.08.2020 | 22.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE