PUBLICIDADE
Actualidade

Russos detidos em Minsk asseguram que estavam em trânsito para a América Latina

03 | 08 | 2020   15.18H

Os 33 cidadãos russos detidos na quarta-feira pelas autoridades bielorrussas e associados ao grupo militar privado Wagner asseguram que se dirigiam para um país da América Latina, afirmou hoje o cônsul russo na capital da Bielorrússia, Kiril Pletniov.

"Quero sublinhar que cada um dos detidos assegurou aos diplomatas russos que entrou no país [Bielorrússia] em trânsito", disse o cônsul à cadeia televisiva estatal russa Rossiya 1.

Segundo Pletniov, os 33 detidos deveriam ter saído de Minsk em 25 de julho num avião com destino a Istambul.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE