PUBLICIDADE
Actualidade

Sindicato dos Maquinistas diz que IP tem a obrigação de fazer auditorias e reduzir os riscos de segurança

03 | 08 | 2020   21.42H

O Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ) diz que a Infraestruturas de Portugal (IP) tem a obrigação de fazer auditorias ao seu Sistema de Gestão de Segurança para apurar os riscos e reduzi-los.

"A IP tem a obrigatoriedade legal de fazer auditorias ao seu Sistema de Gestão de Segurança e, nesse contexto, apurar os riscos de segurança e promover a sua devida mitigação", defendeu hoje o SMAQ, em comunicado enviado à agência Lusa.

O sindicato frisa que a IP, em conferência de imprensa, "não explicou" por que é que, estando o sistema de controlo automático de velocidade (CONVEL) nos comboios em funcionamento há 27 anos, só após um relatório de há dois anos do Gabinete do Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) se preocupou com essa falha de segurança.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Os sindicatos têm um papel importante a desempenhar, mas têm que ser sérios. Emitir comunicados, só por emitir, para zurzir no ceguinho, não vamos lá. O CONVEL não resolveu o acidente de Alfarelos em 2013. Papagaios-especialistas são às mãos cheias nos jornais, rádios e têvês. Houve falha, disso não há dúvida, mas só porque houve acidente. O que se quer são as causas e as soluções. E dinheiro para as implementar. Dinheiro que sai do nosso bolso, e se for para encher os do costume, que vivem à conta da telenovela do NB, nunca chegará à ferrovia. O ministro pode até falar bem e nada tenho contra ele (apesar de ser do PS), agora o indiano e o seu Leão, já canta outro galo.
    Dono dos Burros | 04.08.2020 | 01.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE