PUBLICIDADE
Actualidade

Juiz nomeado por Costa arquiva inquérito a acidente de helicóptero do INEM em Valongo

04 | 08 | 2020   17.24H

O juiz designado pelo primeiro-ministro concluiu pelo arquivamento do inquérito às entidades envolvidas no socorro ao helicóptero do INEM, que se despenhou em dezembro de 2018, em Valongo, distrito do Porto, causando a morte aos quatro ocupantes.

"O relatório exarado pelo juiz conselheiro já foi dado como concluído [e] já entregue ao primeiro-ministro com despacho de arquivamento. O documento não será divulgado por conter dados pessoais dos envolvidos e inquiridos no relatório", respondeu hoje o gabinete de António Costa, depois de questionado pela agência Lusa, que pediu para ter acesso ao documento.

Em 20 de dezembro de 2018, cinco dias após o acidente com o helicóptero ao serviço do INEM, que colidiu com uma torre de radiodifusão na Serra de Santa Justa, o primeiro-ministro assinou um despacho em que designou, na sequência de uma indicação do Conselho Superior da Magistratura, o juiz conselheiro jubilado Paulo Armínio de Oliveira e Sá como instrutor do inquérito "aos órgãos e serviços envolvidos nas operações subsequentes ao acidente aéreo".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE