PUBLICIDADE
OE2020

Endividamento do 1.º semestre próximo do previsto para todo o ano - UTAO

05 | 08 | 2020   15.17H

As emissões de dívida pública portuguesa no primeiro semestre do ano atingiram 97,7% do inicialmente orçamentado para todo o ano, totalizando 9.693 milhões de euros, de acordo com um relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO).

De acordo com o documento da UTAO datado de terça-feira, "face aos valores inicialmente orçamentados, e numa ótica de tesouraria, no 1.º semestre de 2020 o Estado teve de se financiar num valor próximo do previsto no OE2020 [Orçamento do Estado de 2020] para o total do ano".

"Com efeito, nos primeiros seis meses de 2020 a receita líquida proveniente de passivos financeiros situou-se em 9.693 ME [milhões de euros], apenas 232 ME aquém do previsto para o conjunto do ano 2020 (grau de execução de 97,7%)", assinala o relatório da unidade técnica parlamentar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE