PUBLICIDADE
Covid-19

Marcelo escusa-se a comentar inconstitucionalidade da quarentena imposta nos Açores

05 | 08 | 2020   19.23H

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não quis hoje comentar a inconstitucionalidade do confinamento obrigatório imposto pelo Governo Regional dos Açores, decretada pelo Tribunal Constitucional, afirmando que respeita os órgãos de justiça.

"Por princípio, o Presidente da República respeita, em homenagem à separação de poderes, a intervenção própria dos órgãos da justiça", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalista à margem de uma vista ao Zoo de Lagos, no Algarve.

"Como é que se conjugam entre si e qual o juízo de constitucionalidade que sobre elas insiste é uma matéria que, tendo ido à justiça portuguesa, não vou comentar", acrescentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Umas vezes sabe tudo ,outras nem por isso...
    Eumesmo | 06.08.2020 | 04.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Devo estar a necessitar de ir ao oftalmologista. Disse o quê? Mas então, para que é que serve? Para garantir a CRP não é pelos visto. Demita-se!!!!! VERGONHA!!!!! Todos iguais e cada um pior que o outro, parece difícil mas é possível,
    Dono dos Burros | 05.08.2020 | 21.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE