PUBLICIDADE
Actualidade

Remuneração bruta mensal média sobe 1,6% no 2.º trimestre, mas 'lay-off' penaliza salários - INE

06 | 08 | 2020   12.26H

A remuneração bruta mensal média por trabalhador aumentou 1,6% no segundo trimestre, face ao mesmo período de 2019, para 1.326 euros, mas o volume de remunerações pagas foi penalizado pela aplicação do 'lay-off' simplificado, segundo o INE.

Dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) referem que, no trimestre terminado em junho de 2020 a componente regular da remuneração bruta mensal e a remuneração base aumentaram 2,6% e 3,0%, para 1.065 e 1.005 euros, respetivamente.

Em termos reais, tendo em consideração a taxa de variação do Índice de Preços do Consumidor, no mesmo período, as remunerações médias por trabalhador aumentaram 1,8% (total), 2,8% (regular) e 3,3% (base), respetivamente, sinaliza.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE