PUBLICIDADE
Covid-19

Ministério Público abre inquérito sobre surto em lar de Reguengos de Monsaraz

07 | 08 | 2020   18.47H

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 num lar em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, que já provocou 18 mortos, revelou hoje à Lusa a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Questionada pela agência Lusa, a PGR confirmou a existência de um inquérito sobre o surto de covid-19 que surgiu no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), o qual corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

O surto no lar provocou, até quinta-feira, um total 162 casos de infeção, incluindo 18 mortos: 16 utentes, uma funcionária do lar e um homem da comunidade.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • É o que eu digo, isto é o país dos inquéritos para animar a malta ! Dezoito já foram para o outro lado e pelo menos dezasseis deixaram de receber pensão que a juntar aos MIL SETECENTOS E UNS CINQUENTA E TAL, a uma média de pensão de MIL EUROS, não contando com medicamentos, etc., multiplicado por CATORZE MESES por ano, vejam quanto o Estado não está a enfardar, a ENFARDAR para meter no BANCO NOVO, TAP, fundações, etc., e não me venham dizer que isto não é um assalto ao povo português, mas claro, é a Nova Ordem Mundial a reduzir a população, matando os idosos e inválidos. ESTAMOS NAS MÃOS DE BANDIDOS,
    bruxo | 11.08.2020 | 16.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE