PUBLICIDADE
Covid-19

Nicolás Maduro prolonga quarentena até 13 de setembro na Venezuela

10 | 08 | 2020   02.06H

O Presidente da Venezuela prolongou até 13 de setembro o estado de alarme em vigor desde março para combater a pandemia da covid-19 no país, onde estão confirmados 25.805 casos.

"Vou prorrogar o estado de alarme, como manda a Constituição e a lei, por mais 30 dias", disse Nicolás Maduro à televisão estatal venezuelana, no domingo.

O Presidente da Venezuela sublinhou ainda que "o estado de alarme permite tomar um conjunto de medidas, de decisões, verdadeiramente necessárias, individualizadas, localizadas, a nível geral", para combater a covid-19 no país.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE