PUBLICIDADE
Covid-19

Cabo Verde admite que pandemia atrasa casino do Macau Legend mas não o ameaça

10 | 08 | 2020   05.00H

O Governo cabo-verdiano admite que a pandemia de covid-19 deverá atrasar a conclusão do hotel-casino que o grupo Macau Legend está a construir na Praia, mas acredita que o investimento, de 250 milhões de euros, não está em causa.

Em declarações à agência Lusa, o ministro do Turismo, Carlos Santos, garantiu que tal como o empreendimento que o grupo do empresário David Chow está a implantar entre o ilhéu de Santa Maria e o litoral da Praia, os grandes investimentos no setor turístico em Cabo Verde não foram colocados em causa pelos promotores, até ao momento, apesar das consequências da covid-19.

"Creio que não. E nem temos tido sinais nesse sentido [pandemia colocar em causa investimento do grupo Macau Legend]. Aliás, digo que a esmagadora maioria dos investidores que estão a fazer investimentos em Cabo Verde, antes da pandemia, imediatamente com a realização dos voos de repatriamento solicitaram ao Governo cabo-verdiano autorização para fazerem chegar os seus técnicos a Cabo Verde para dar continuidade aos projetos", afirmou Carlos Santos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE