PUBLICIDADE
Actualidade

ONG teme que ameaças à liberdade de imprensa em Hong Kong alastrem a Macau

12 | 08 | 2020   12.47H

O responsável pelo Grupo de Investigação Macau alertou hoje para o perigo de o território vir a sofrer limitações à liberdade de imprensa, após as detenções e buscas a um jornal em Hong Kong, na segunda-feira.

"Não podemos isolar Macau das políticas chinesas, nem do que acontece com Hong Kong", considerou Jason Chao, apontando a "rápida erosão dos direitos" na antiga colónia britânica, após a imposição de Pequim a Hong Kong de uma lei da segurança nacional que levou à detenção do magnata da imprensa Jimmy Lai e a buscas ao jornal Apple Daily, na segunda-feira.

Falando a jornalistas durante uma conferência 'online', a partir de Londres, Jason Chao defendeu que, "muito provavelmente, as autoridades de Macau ou da China" vão adotar a mesma atitude com os 'media' do território que em Hong Kong.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE