PUBLICIDADE
Actualidade

Justiça do Brasil aprova acordo de colaboração de um dos maiores 'cambistas' do país

13 | 08 | 2020   04.14H

A Justiça do Rio de Janeiro homologou na quarta-feira o acordo de delação premiada de Dario Messer, conhecido um dos maiores 'cambistas' [que faz câmbio de moeda] do Brasil, réu em processos da Operação Lava-Jato.

De acordo com o Ministério Público (MP) brasileiro, este é um acordo de delação premiada [benefício legal concedido a um réu que aceite colaborar na investigação criminal] "com escala inédita na justiça brasileira".

Os termos negociados no acordo, que está a ser discutido desde maio, incluem o cumprimento de uma pena de 18 anos e nove meses de prisão por parte de Messer e a renúncia, em favor dos cofres públicos, de 99% do património, estimado em mil milhões de reais (cerca de 156 milhões de euros).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE