PUBLICIDADE
Legionella

Empresas chegam a acordo com 57 das 73 vítimas da acusação do MP

13 | 08 | 2020   12.30H

As empresas arguidas no processo do surto de 'legionella' em Vila Franca de Xira, em 2014, chegaram a acordo com 57 das 73 vítimas identificadas na acusação do Ministério Público (MP).

A informação foi avançada hoje à agência Lusa por fonte do Tribunal de Instrução Criminal de Loures, onde decorre a instrução, fase facultativa requerida pelos nove arguidos e que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue e em que termos para julgamento.

É nesta fase instrutória que as empresas arguidas, a Adubos de Portugal (ADP) e a General Electric (GE - que se passou a chamar SUEZ II), tentam chegar a acordo com as vítimas, através de indemnizações, e evitar que o processo siga, nestes casos, para julgamento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE