PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente do Brasil admite voltar ao partido que abandonou no ano passado

14 | 08 | 2020   02.05H

O Presidente do Brasil admitiu, na quinta-feira, voltar ao Partido Social Liberal (PSL), pelo qual foi eleito nas presidenciais de 2018, e que abandonou no ano passado após divergências.

Após ter rompido com o PSL, Bolsonaro anunciou a criação do partido Aliança pelo Brasil, mas reconheceu que este é um processo complicado.

"É difícil formar um partido. Não é impossível. [Mas] não posso investir 100% no Aliança [pelo Brasil]. Eu tenho olhado outros partidos. Já conversei com três partidos, e um foi o [PTB, Partido Trabalhista Brasileiro, de] Roberto Jefferson. Tem a quarta hipótese, do PSL, que sinalizou uma reconciliação na mesa", declarou Jair Bolsonaro, na habitual transmissão em direto na rede social Facebook.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE