PUBLICIDADE
Actualidade

Cartoonista Nuno Saraiva diz que crime é atentar contra a liberdade de expressão

14 | 08 | 2020   18.19H

O ilustrador Nuno Saraiva, autor de um cartoon publicado hoje no suplemento Inimigo Público, considerou, em reação ao anúncio de uma queixa pela PSP, criminoso atentar contra a liberdade de expressão e mostrou-se "preocupado" com o rumo do país.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, "aparentemente relacionado com uma ação com conotação política" junto à sede da SOS Racismo.

Em comunicado, a PSP considera que os factos "ofendem a credibilidade, o prestígio e a confiança devidos à instituição, consubstanciando a prática de crime" e que vai ainda hoje apresentar queixa ao Ministério Público.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE