PUBLICIDADE
Bielorrússia/Eleições

Chefes de diplomacia da UE dão 'luz verde' a sanções

14 | 08 | 2020   19.31H

Os chefes de diplomacia da União Europeia (UE) acordaram hoje impor sanções ao regime de Minsk na sequência das eleições presidenciais de domingo passado, visando os responsáveis pela alegada fraude nos resultados e pela repressão violenta das manifestações.

A decisão de desencadear o processo de instauração de novas sanções contra dirigentes da Bielorrússia foi tomada durante uma reunião extraordinária dos chefes de diplomacia dos 27, relizada hoje por videoconferência, e anunciada pelo Alto Representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell, na sua conta oficial na rede social Twitter.

"A UE não aceita os resultados das eleições. Começam os trabalhos para sancionar os responsáveis pela violência e falsificação" dos resultados, escreveu o chefe da diplomacia europeia, que na passada quarta-feira decidiu convocar este Conselho extraordinário, sobretudo face ao agravamento da repressão das manifestações que têm ocorrido um pouco por toda a Bielorrússia a contestar os resultados oficiais das eleições.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O que é que a UE tem que ver com o assunto? NADA! A UE é a prostituta velha ao serviço do anglo-sionismo. Estes imbecis são os mesmo ukra-nazis, que queriam UE e NAT para a Ucrânia. Podem querer, mas não vão ter. Se não fossem idiotas úteis, percebiam que a UE só dá o chouriço depois de ter o porco todo. Foi no que deu um traidor chamado Gorbachov ter destruído a URSS. Estes são russos e ponto final. Mas lá como cá aquando do 25 de Abril, o primeiro que saltou para cima da mesa e gritou alto, passou a ser o chefe. Este Lukashenko é um labrego como foram tantos dinossauros presidentes de/da câmara em Portugal. Recomendo a anexação e ponto final. Quem não se sabe governar, tem que ser governado. Ou então passam a pagar o gaz, o petróleo e o resto dos produtos todos, ao preço de mercado do "mundo europeu civilizado".
    Dono dos Burros | 14.08.2020 | 23.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE