PUBLICIDADE
Actualidade

Comício do italiano Salvini interrompido por vaias e tomates atirados ao palco

11 | 09 | 2020   14.48H

O líder do partido nacionalista Liga e ex-ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, teve de interromper um comício para as eleições regionais quando um grupo de pessoas lhe lançou tomates, enquanto o assobiava e vaiava.

"Quem atira tomates, insulta e ameaça, não protesta. É rude", disse Salvini ao deixar o palco, depois de o seu discurso ter sido árias interrompido por dezenas de manifestantes.

"Voltarei para me encontrar com os bons, que são a maioria das pessoas pacíficas, tranquilas e trabalhadoras desta cidade", acrescentou, agradecendo também o gesto de algumas mulheres que lhe entregaram um terço em substituição de um que foi partido por uma manifestante, há dois dias, num outro evento eleitoral.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE