PUBLICIDADE
GOP

Governo mantém objetivo de aumentar salário mínimo nacional

13 | 09 | 2020   20.17H

O Governo mantém o objetivo de aumentar o salário mínimo nacional de forma progressiva, dos 635 euros para 750 euros em 2023, no projeto de proposta de lei das Grandes Opções do Plano (GOP) para 2021.

De acordo com o documento a que a Lusa teve hoje acesso, "o Governo prosseguirá com a promoção de uma política de rendimentos orientada para a valorização do trabalho e dos rendimentos das famílias, seja através da política de valorização do salário mínimo nacional, seja também através da negociação, em sede de Comissão Permanente de Concertação Social, de um acordo de médio prazo sobre salários, rendimentos e competitividade".

No âmbito do combate às desigualdades na distribuição de rendimentos e com vista à redução da segmentação do mercado de trabalho, o executivo reafirma que uma das medidas é "revalorizar o salário mínimo nacional com o objetivo de o aumentar, progressivamente, até 2023".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • Quando eu era rapaz e já lá vão muitos anos, tinha por tática prometer mundos e fundos às gajas para lhes ir para cima e depois se o conseguisse... ISTO NA POLITICA...
    bruxo | 13.09.2020 | 22.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Eu sou defensor de que, devemos ganhar mais, os que nos seus ombros sustentam a pirâmide despesista dos políticos. Agora, estamos numa situação em que, por falta de ovos o governo decretou a prisão-domiciliária aos portugueses e impediu que as empresas laborassem. Aproximam-se eleições e qualquer Merdina neste país, tem lá uns dinheiros reservados para os canteiros de flores, as rotundas, umas pinceladas com tinta que não é retroreflectora no piso e por aí fora. Estes não são diferentes de qualquer cacique que, amanhã será dono de uma região se o POVO permitir que PORTUGAL seja retalhado entre famílias, assim ao jeito do Líbano e de outros estado ditos falhados, em que as máfias familiares se perpetuam no poder. Portugal e os portugueses não precisam de aumento do salário mínimo, que qualquer dia é o salário médio, já que os outros não aumentam e aumentam só o mínimo e do dos gestore, mas esses nada feito, têm a escória policial a protegê-los, as leis que os gabinetes de advogados fazem e os tribunais. O que Portugal precisa e os portugueses precisam, é de TRABALHO. Trabalho, logo agora que as medidas ordinárias (no sentido de falta de vergonha, rascas) deste governo destruiram a economia e lançaram muitos portugueses, famílias inclusive, no desemprego. Espatifados que estão os fundos da SS, como pode o governo, a pensar em votos, falar em aumentos do SMN?
    Dono dos Burros | 13.09.2020 | 22.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ESTES JÁ ESTÃO A FAZER CONTAS COM A BAZUCA DESDE QUE COSTA PAGUE A TODOS COM ESSE DINHEIRO NINGUÉM SE VAI O POR SE DER PARA O TORTO ESPERO QUE SEJAM TODOS PRESOS
    Povo | 13.09.2020 | 20.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE