PUBLICIDADE
Actualidade

Líder do CDS-PP critica Pires de Lima e as "tentativas públicas para destabilizar" o partido

16 | 09 | 2020   20.27H

O presidente dos centristas criticou hoje "tentativas públicas para destabilizar" o partido e defendeu que o CDS não é "de barões", rejeitando as críticas do antigo dirigente e ministro António Pires de Lima.

Questionado pelos jornalistas relativamente às críticas do antigo dirigente, num artigo de opinião no Expresso, Francisco Rodrigues dos Santos insurgiu-se contra as "tentativas públicas para destabilizar" o CDS "a soldo de versões sobre a vida do partido que não têm a mínima adesão à realidade".

"Este partido é dos militantes e é dos portugueses, não é de barões, e eu creio que esta lição já devia ter sido aprendida há muito tempo através desta nova liderança do CDS", frisou o presidente centrista, em declarações na sede do partido, em Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Eles estão espalhados por todos os partidos. Eles sabem que para se arranjar grandes fortunas e em pouco tempo, o lugar certo é ser governante nem que seja numa câmara. Hoje, estes VIGARISTAS já perderam toda a vergonha, são descarados e quanto mais ladrões e vigaristas, mais se pavoneia nas televisões, é LUXO SE SER GRANDE LADRÃO e se andar coberto por um bom advogado, para também ir comendo. Mas na verdade, o que tem sido este GAJO - PIRES DE LIMA ?
    anónimo | 17.09.2020 | 04.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Assim nem o PSD te safa. Tu acalma-te. Eu até sou defensor de que o PSD devia usar como muleta o PCP.
    Dono dos Burros | 16.09.2020 | 23.03Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE