PUBLICIDADE
Actualidade

Liga francesa vai investigar alegados insultos racistas a Neymar

16 | 09 | 2020   22.29H

(CORREÇÃO DO 6.º PARÁGRAFO) Paris, 16 set 2020 (Lusa) - A Liga francesa de futebol (LFP) abriu um inquérito para averiguar os alegados insultos racistas que o espanhol Álvaro Gonzalez proferiu contra o brasileiro Neymar, no decorrer da receção do Paris Saint-Germain ao Marselha, no domingo.

O presidente do Conselho de Disciplina da LFP, Sébastien Deneux, revelou que a investigação passará por uma análise detalhada às imagens dos incidentes entre o avançado do PSG e o defesa do Marselha, para se perceber "o que foi realmente dito e ouvido" no campo.

No domingo, já nos descontos do encontro no Parque dos Príncipes, em Paris, ganho pelo Marselha (1-0), cinco jogadores foram expulsos, um dos quais Neymar, depois de dar uma palmada na cabeça do defesa espanhol dos marselheses, que são treinados pelo português André Villas-Boas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Tenho que me rir. A não ser que tenham chamado ao Neymar: "branco de m++++ ", não estou a ver, onde está o problema. Diz Mia Couto acerca da eleição do Obama: " Sejamos claros: Obama é negro nos Estados Unidos. Em África ele é mulato. Se Obama fosse africano, veria a sua raça atirada contra o seu próprio rosto. ". O Neymar é o quê? Deixem-se de m++++++++ e joguem à bola, que é para isso que lhes pagam ordenados, esses sim, pornográficos e não racistas, se o fossem, trabalhava e sujeitava-se no fim a não receber e se fosse reclamar, os jagunços do patrão podiam-lhe partir-lhe a espinha.
    Dono dos Burros | 16.09.2020 | 22.49Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE