PUBLICIDADE
OE2021

AEP defende redução do IVA, extensão das moratórias e retorno do 'lay-off' simplificado

18 | 09 | 2020   07.02H

A AEP quer ver no Orçamento do Estado para 2021 um corte temporário de dois pontos na taxa normal de IVA, uma extensão das moratórias de crédito e o retorno do 'lay-off' simplificado enquanto durarem os efeitos da pandemia.

Num documento com propostas para o Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), a que a agência Lusa teve acesso, a Associação Empresarial de Portugal (AEP) aponta o "apoio à liquidez", a "manutenção e criação de postos de trabalho" e a "capitalização e investimento" como os três "vértices de apoio às empresas" que devem ser priorizados.

"As propostas apontam medidas concretas e são fruto de uma análise levada a cabo pelo gabinete de estudos da AEP, tendo em conta o 'feedback' que recebemos dos nossos associados e dos empresários que fazem parte do nosso Conselho Geral", disse fonte oficial da associação à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE