PUBLICIDADE
Actualidade

Nova peça de Tiago Rodrigues é "inquietação" sobre ascensão da extrema-direita

18 | 09 | 2020   09.18H

(REPETIÇÃO) Guimarães, Braga, 18 set 2020 (Lusa) - O Teatro Nacional D. Maria II estreia no sábado, em Guimarães, "Catarina e a beleza de matar fascistas", uma peça com assinatura de Tiago Rodrigues que ficciona aquilo que poderá ser Portugal em 2028, governado pela extrema-direita.

A peça termina mesmo com um longo discurso de um membro do partido então no poder, que em 2020 tinha apenas um deputado mas que entretanto conseguiu chegar aos 117, alcançando maioria absoluta.

Um partido que fala numa nova República, numa nova Constituição e em mais de meio século de um país "governado por bandidos" e que, então no poder, critica "as minorias que não respeitam as maiorias".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE