PUBLICIDADE
Actualidade

Câmara decreta dois dias de luto municipal pela morte de bispo de Viana do Castelo

18 | 09 | 2020   19.45H

A Câmara municipal decretou dois dias de luto municipal pela morte do bispo Anacleto Oliveira, hoje, na sequência do despiste do automóvel que conduzia na Autoestrada 2 (A2) perto de Almodôvar, no distrito de Beja.

Em comunicado hoje enviado às redações, a autarquia refere ter sido "com consternação e pesar" que o presidente da Câmara tomou conhecimento do "trágico acidente que vitimou D. Anacleto Oliveira".

"Trata-se de uma grande perda para a diocese de Viana do Castelo, mas também a perda de uma personalidade afável, dialogante e profundamente interessada na vida das populações do Alto Minho", sublinha a nota.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Haja vergonha. A César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Vivemos num estado que é laico, ou não? Já deixou de ser? Porque há-de a CMVC decretar essa coisa do luto, já agora consiste em quê? Se amanhã o pastor das ovelhas da Igreja Maná (não sei ainda existe) se for, também decreta? Ou a razão é que, o defunto era amigo do presidente, retornado moçambicano, e eram habituais os repastos a que ambos compareciam, comiam e não pagavam e onde eram servidas umas belas lampreias, bem regadas?
    Dono dos Burros | 18.09.2020 | 23.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Se fosse um qualquer outro dignatário de outra igreja com certeza que a Câmara ignorava donde se conclui que a classe política está refém da ICAR, machista, improdutiva e parasita.
    Jesus Cristo laico | 18.09.2020 | 22.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE