PUBLICIDADE
Actualidade

China denuncia intimidação dos EUA com proibição de descarregamento de aplicações

19 | 09 | 2020   04.59H

A China acusou hoje os Estados Unidos de intimidação ao proibirem o descarregamento, a partir de domingo, das aplicações TikTok e WeChat, e ameaçou retaliar.

"Se os Estados Unidos persistirem nas suas ações unilaterais, a China tomará as medidas necessárias para proteger de forma resoluta os direitos e os legítimos interesses das empresas chinesas", declarou o Ministério do Comércio chinês, em comunicado.

Na sexta-feira, o Departamento do Comércio tinha anunciado que o descarregamento das aplicações digitais chinesas TikTok e WeChat vai ser proibido nos Estados Unidos, a partir de domingo, por razões de "segurança nacional".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE