PUBLICIDADE
Actualidade

Restauro de obra de Almada evidencia paixão por geometria e pelos Painéis de São Vicente

19 | 09 | 2020   09.08H

(REPETIÇÃO) Lisboa, 19 set 2020 (Lusa) - O restauro de uma peça inédita do artista Almada Negreiros (1893-1970) veio evidenciar a paixão pela geometria e pelos míticos Painéis de São Vicente, que o artista tentou desvendar imaginando formas geométricas traçadas com fios de bordar.

A peça criada em 1950 está atualmente no Laboratório José de Figueiredo (LJF), nas mãos de um grupo multidisciplinar de especialistas em restauro, que aceitaram o desafio de substituir dezenas de fios colocados por Almada num contraplacado com quase dois metros de altura e largura, com desenho, pintura e reproduções fotográficas dos painéis ao centro.

"Pela primeira vez vai ser exibida ao público uma peça complexíssima, finalmente datada, e praticamente sem comparação no trabalho do Almada Negreiros", segundo o investigador Simão Palmeirim, que acompanhou a agência Lusa numa visita ao LJF, entidade tutelada pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), cuja missão se desenvolve no estudo, intervenção e salvaguarda do património cultural.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE