PUBLICIDADE
Actualidade

Estudantes fazem ato conta violência policial em Angola na maior cidade do Brasil

19 | 09 | 2020   18.04H

Um pequeno grupo de estudantes angolanos realizou um protesto hoje na frente do Consulado de Angola, em São Paulo, a maior cidade do Brasil, contra a violência policial no seu país, agravada pela pandemia de covid-19.

Os participantes estavam vestidos de preto, levavam cartazes e apresentaram-se como jovens independentes que estudam no Brasil e não têm qualquer vínculo com o Governo angolano.

Aura Bianca Vasconcelos, 25 anos, uma das promotoras da ação, explicou que decidiu convocar amigos e ativistas para realizar a primeira manifestação de angolanos no Brasil depois de ver outros protestos que ocorreram em Angola e também em Portugal, contra violência policial durante a pandemia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE