PUBLICIDADE
Actualidade

Polícia afirma que vítimas mortais de tiroteio em Nova Iorque não eram alvos pretendidos

20 | 09 | 2020   06.41H

A polícia de Rochester, Nova Iorque, onde duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas num tiroteio no sábado, disse acreditar que as vítimas mortais não eram os alvos pretendidos.

O capitão da polícia de Rochester Frank Umbrino indicou, em conferência de imprensa, no sábado à noite, que uma discussão levou ao tiroteio durante uma festa no quintal de uma casa.

Umbrino adiantou que os investigadores apontam para a existência de três a quatro atiradores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE