PUBLICIDADE
Actualidade

Ser polícia é uma das profissões mais difíceis em França - jornalista infiltrado

20 | 09 | 2020   09.32H

Paris, 20 set 2020 (Lusa) -- Um jornalista que esteve dois anos infiltrado na polícia parisiense descreve a profissão como uma das mais difíceis em França e relata o racismo recorrente dos agentes, defendendo que aquela força de segurança precisa de ser reformada.

Valentin Gendrot é jornalista e esteve infiltrado durante dois anos na polícia francesa contando tudo o que viveu num livro em que revela o quotidiano de uma esquadra da polícia parisiense.

"É uma das profissões mais difíceis do nosso país porque estamos submersos em meios violentos no quotidiano. É algo extremamente difícil", afirmou Valentin Gendrot, autor do livro "Flic", em entrevista à agência Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

10 comentários

  • Este ANÒNIMO não vive neste planeta ! DIZ-ME CÁ : Já viste na cabeça de algum policia algum circulo luminoso? Para as policias só vão malandros e malfeitores, pá ! Estes gajos batem nos país e alugam as mães, mulheres, irmãs e filhas, pá; são a pior merda em conjunto com os políticos ao cimo da terra.
    bruxo | 26.09.2020 | 22.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Até ao dia de hoje, amanhã a Deus pertence, dizem-me os crentes, num fui roubado por um preto, nem por um cigano, mas já fui por um político e por um polícia. A partir desse dia, acabou a ingenuidade. Agora quando me cruzo com um, cuspo. O dinheiro faz-me falta, para o andar a gastar em tribunais, sujeito a que o juiz seja da mesma fornada do polícia ou do político.
    Dono dos Burros | 25.09.2020 | 21.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Claro que quanto maior é o País, maiores são os problemas a serem resolvidos e a Polícia Francesa fecha os olhos a pequenas coisas banais, porque envolveria toda uma burocracia para cada caso, no entanto têm que fazer o seu trabalho. Em Portugal conheci um toxicodependente e como não sabia verdadeiramente como é que eles viviam com essa dependência, para mim foi quase um trabalho de Jornalismo, concretamente, existem polícias de muito baixo nível, que andam nessas andanças, e envolvem os que não têm nada a ver com esse mundo, no entanto, eles vão vivendo de mentiras porque, psicologicamente nunca souberam respeitar a lei, e em vez de ajudarem complicam a vida dos cidadãos. Mas tenho a certeza que todos os polícias, que tiveram uma boa formação, são mais sensíveis e mais atenciosos com os "Cidadãos.
    anónimo | 25.09.2020 | 16.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Por falar em policias ouvi agora nas noticias que a policia matou a tiro uma JOVEM de 22/23 anos, lá para no NORTE, São João da Madeira. Esta rapariga, parece que fazia parte de um grupo de assaltantes de interiores de carros e claro, no meu modo de ver, os roubos nunca seriam muito chorudos, RAZÃO PORQUE OS POLICIAS NÃO ESTIVERAM COM MEIAS MEDIDAS E VÃO DE MATAR. Ora se estes assaltantes ROUBASSEM MILHÕES, tal como o SALGADO , o SÓCRATES, o PINHO e mais todo o GRUPO destes ladrões, esta JOVEM, não teria morrido e nem seria presa. Creio, na minha modesta opinião, que as nossas policias estão cheias de criminosos, que para darem largas aos seus maus instintos, ASSASSINOS, foram para as policias e infelizmente, hoje, qualquer bandido, consegue lugar nestas instituições, pois não há registo criminal, nem certificado de bom comportamento moral e civil. ENFIM, É O PAÍS EM QUE VIVEMOS.
    bruxo | 24.09.2020 | 13.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • As polícias são corporações, como são os médicos, os magistrados, os juízes, os bombeiros e não vou aqui meter os militares porque sendo, são diferentes. E há gente honesta e há ladrões. Basta ler as capas dos jornais. O problema é que os ladrões e uma certa percentagem de gente afecta à extrema-direita, dominam os outros. São fáceis de identificar, mas a hierarquia não está para se chatear, recebe a parte das avenças, mas não suja as mãos. Sou anti-Guterres, mas quando ele esteve no governo, criou a IGAI, o primeiro magistrado a ser inspector-geral foi o marido da 'amiga' do Sócrates, a Cândida de Almeida, de seu nome Rodrigues Maximiano. Fez um trabalho que mais ninguém fez, começou a meter ordem na desordem. Agora quem é que toma conta daquilo? Não sei, tenho que ir à procura. Ou seja. Não se produz trabalho que nós os que pagamos, percebamos que os freios estão colocados e os açaimes também. A única coisa que se sabe, é que se queixam contra os do costume - pretos e ciganos e mais nada. Depois que apanharam dois pés de Maria Joana e multaram 134 no fim de semana. O resto? Os banqueiros é com um clique o dinheiro desaparece. O PINTO-Ladrão que está a ser julgado, não foi ao off-shore roubar o banco, roubou através do teclado do computador. As polícias são uma corporação, mas os seus membros não têm espírito de Corpo, essa é a diferença para o militares, que havendo ladrões, como há em todas as profissões, não têm os comportamentos corporativistas que as polícias ostentam. Matam alguém e a primeira coisa de o Chefe diz, é que põe as mãos no fogo pelo que matou. Assim não dá. E não dá. Se ele o não fizer, há confusão lá dentro. O Ninja que em Guimarães bateu num adepto do Benfica, estava para ser louvado, estava escrito, assinado e era para ser entregue em cerimónia em breve. Azar. Que Chefes são estes? Não são. Não conhecem o pessoal, não andam no terreno, não controlam inopinadamente comportamentos e atitudes. Mas a culpa não é só deles, é dos políticos que à frente do ministério nada exigem, mas coitados, que hão-de exigir se estão ali só para arranjar currículo? O que é pena, porque os honesto não merecem servir numa corporação, que não o é, por culpa de quem manda.
    Dono dos Burros | 23.09.2020 | 02.33Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Meu caro DONO DOS BURROS, sempre ouvi dizer que todo o HOMEM tem um preço, contudo, há aqueles que por vaidade ou muito orgulho, teimam em não se vender e portanto, se tiverem a sorte de chegar a velhos, limitam-se a ter uma reforma de merda , que é o meu caso. Quando me reformei, fiquei com uma pensão superior ao SMN, naquele tempo; estive oito anos sem ter um aumento, enquanto o pessoal do activo não atingisse 10% de aumento e depois ainda tive um ladrão de governo , que em conjunto com uma quadrilha TROIKA, me pôs a pão e água, estando hoje com cerca de 500 €. Olhe, por não lamber as CASTANHOLAS de CHEFES, nem de DIRECTORES, nunca me deixaram fazer carreira, mas acredite, frontalmente os mandei muita vez à merda e à puta que os pariu. Acredite que tenho quase 80 anos, mas sou feliz com os meus cachorros. Tenho este computador, oferecido pelo meu filho que paga a internet, para vir por aqui me "DIVERTIR", porque ao menos continuo a CHAMAR TODOS OS PIORES NOMES A ESTES FILHOS DA PUTA QUE NOS GOVERNAM , ou melhor, QUE NOS ASSALTAM.
    bruxo | 22.09.2020 | 22.26Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ANÓNIMO, não, já faleceu em Fevereiro de 2004, 55 anos de idade e doença prolongada. Foi UDP de pouca demora, como muitos, rapidamente percebeu que, ou dava o salto e comia à mesa nos lugares reservados ao PS, ou não passava da sopa dos pobres. Tal como o Joaquim Pina Moura que traiu o PCP e que também já se foi com um castigo divino desse género. Eu às vezes até era capaz de acreditar que Deus existe e que servia para alguma coisa, mas falha-me tanto com outros sacanas, como me falham as notas de 50, para já não falar das outras.
    Dono dos Burros | 20.09.2020 | 17.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Já nem me lembrava desse Acácio Barreiros ! Esse PATIFE SERÃ AINDA VIVO ? Este GAJO , também me faz lembrar esse banhas Durão barroso ! Hã muito que o FRADECO MILICIAS não aparece, talvez esteja à espera do abade Guterres. ISTO É SÓ SACANAS!
    anónimo | 20.09.2020 | 13.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Em França pior que em Portugal, mas a caca é a mesma. Uns foram para lá, porque não tinham jeito para gamar e não lhes era permitido integrarem o gang lá do bairro, outros porque acham que são nazis e fascistas, sem saberem o que isso é politicamente, viram uns filmes, havia porrada e tortura, e pensaram, porreiro é isto mesmo que eu quero e onde posso fazer isto? Nas polícias, nos serviços prisionais. E depois elas, porque faltava destruir a polícia, as forças armadas e ainda falta destruir a igreja, mas os padres são mais tesos que os políticos. No outro prato da balança, procuradores e juízes, já infiltrados pelas gajas, só pode dar caca. A cereja no topo do bolo, são os políticos, quando na AR se vê que um representante do POVO está vestido sem casaco e gravata e usa um brinco, estamos conversados sobre que POVO é este. Longe vão os tempos, do depois traidor Acácio Barreiros, ou até do Raul Rêgo quando se tratava de atacar a padralhada que ele tinha traído. Agora cheira ao longe logo a panasquice, que depois se vê vertida nas Leis que parem. Só há um caminho, uma REVOLUÇÃO com sangue desta vez, em vez de cravinhos vermelhos, para virar isto do avesso.
    Dono dos Burros | 20.09.2020 | 12.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • DERAM ASILO A TUDO MUITOS JULGAM-SE QUE TÊM OS MESMOS DIREITOS QUE OS QUE SĀO 100% FRANCESES ISSO PASSA-SE POR VÁRIOS PAÍS COMO NESTE CONTENTOR DO LIXO PORTUGAL
    Povo | 20.09.2020 | 10.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE