PUBLICIDADE
Actualidade

Subir preço do tabaco evitaria morte a 300 mil pessoas na América Latina - estudo

22 | 09 | 2020   01.11H

O aumento em cerca de 50% do preço dos produtos de tabaco poderia evitar a morte a 300 mil pessoas na América Latina em dez anos, revelou um estudo feito em 12 países daquela região.

Segundo o estudo divulgado na segunda-feira, o aumento do preço do tabaco pode permitir ainda diminuir os cerca de 22 mil milhões de euros destinados ao tratamento de doenças provocadas pelo tabaco, notícia a agência Efe.

A investigação, liderada pelo Instituto de Efectividad Clínica y Sanitaria (IECS), em Buenos Aires, em colaboração com centros de investigação, universidades, entidades médicas e ministérios da Saúde dos países envolvidos no estudo, determinou que o tabagismo é responsável, de forma direta, por 345 mil mortes por ano nos 12 países.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE