PUBLICIDADE
Actualidade

Três empresas disputam primeira refinaria que a brasileira Petrobras quer vender

22 | 09 | 2020   01.16H

As companhias brasileiras Ultrapar e Raízen e a chinesa Sinopec disputam o controlo da primeira das oito refinarias que a petrolífera Petrobras pretende vender no âmbito do seu milionário plano de desinvestimentos, informaram fontes oficiais.

"A empresa recebeu propostas com valores próximos, por isso fará uma nova rodada para receber propostas vinculantes", indicou a estatal petrolífera em comunicado, na segunda-feira.

O ativo em disputa é a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), localizada no estado do Paraná, com capacidade para processar 208 mil barris de petróleo por dia (9% da capacidade total de refinamento do Brasil), e que conta ainda com cinco terminais de armazenamento e 474 quilómetros de oleodutos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE